Blog

#MComDáVoz: CDL Jovem Caxias chama atenção para alta carga tributária com Dia Livre de Impostos

#MComDáVoz: CDL Jovem Caxias chama atenção para alta carga tributária com Dia Livre de Impostos

Você já parou para pensar que todos os dias trabalhados até este mês foram apenas para pagar impostos? Também já fez o cálculo de quanto poderia economizar se a carga tributária brasileira não estivesse entre as mais altas do mundo? Para ajudar a responder essas questões e chamar a atenção dos consumidores para o alto valor de tributos cobrados pelas mercadorias, a CDL Jovem Caxias do Sul faz coro, mais uma vez, ao Dia Livre de Impostos (DLI), com ações que ocorrem nesta quinta-feira (27) de forma simultânea em todo o território nacional.    

A diretora da CDL Jovem Caxias, Shaíze Maldonado Roth, adianta que a campanha dará ênfase aos percentuais que são destinados aos impostos como uma maneira de informar os consumidores. Entretanto, ao contrário da campanha em anos anteriores, não haverá uma ação para que os lojistas apliquem os descontos dos tributos no preço final dos itens.

“A pandemia tem afetado de forma muito acentuada o comércio e, por isso, não vamos estimular que os lojistas trabalhem com descontos que demonstrem o real valor dos produtos. Nossa ideia neste ano é focar na conscientização das pessoas para que também cobrem dos governantes um melhor retorno do que é pago em impostos. Outro ponto é evitarmos possíveis aglomerações com promoções e campanhas desta natureza”, diz.

Ela explica que as redes sociais da CDL Jovem trazem, desde o último dia 17, conteúdos que abordam o tamanho da “mordida” da carga tributária no Brasil, com posts e vídeos de cunho informativo

Shaíze lembra que o brasileiro é o povo da América Latina que mais paga impostos, equivalente a 35,4% do PIB, e que uma empresa precisa trabalhar, em média, três meses, para pagar os impostos anuais no país. Ela também cita que são arrecadados R$ 4,7 milhões por minuto em tributos no Brasil.

“Mesmo com essa alta carga tributária, temos inúmeros problemas de infraestrutura, em praticamente todas as áreas, e neste ano ficou bastante evidente os gargalos da saúde pública, além do pouco investimento em inovação e um déficit enorme no que diz respeito a competividade perante outros países. As CDLs Jovem de todo o país têm se mostrado unidas e atuantes para que esse tema seja cada vez mais discutido e, principalmente, que ajude a gerar um debate sobre a necessidade de reduzir essa carga tributária, de enxugar a máquina pública o otimizar os investimentos”, reforça a diretora.       

Em um ranking de 30 países, o Brasil é o 14º que mais arrecada dinheiro com tributos e está em último como o país que melhor retorna o dinheiro para a sociedade. Apenas nos setores de maquiagem e eletrônicos, as cargas tributárias são de 58% e 43%, respectivamente. Outros percentuais que chamam atenção são de itens do vestuário, com 31% de carga tributária, de chocolates (34%) e de vinhos, com 50% do valor, em média, ser voltada para o pagamento de tributos.  

A campanha Dia Livre de Impostos é promovida nacionalmente pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e ocorre sempre quando são completados 153 dias desde o início do ano. Segundo a entidade nacional, esse é o período médio em que os brasileiros precisam trabalhar apenas para o pagamento de tributos.  Em Caxias do Sul, a ação é capitaneada pela CDL Jovem. 

IMAGENS

Crédito: Freepik, divulgação 
Legenda1:
Empresas precisam trabalhar, em média, três meses, para pagar os impostos anuais no país        

Crédito: Mirela Barbosa       
Legenda2: CDL Jovem Caxias está divulgando a ação de conscientização desde a última semana

Crédito: Divulgação  
Legenda3: PostS nas redes sociais chamam atenção para a alta carga tributária brasileira      

Imagens para download

Compartilhe esta postagem: